O Portal de notícias de Porto Seguro

Vereadores cobram de Cláudia Oliveira, instalação dos Raios-X das UPA’s do Baianão e Arraial.

0 216

Após duas denúncias realizadas pelo JoJô Notícias, em matérias postadas neste veículo em 7 de março e 14 de setembro de 2018, os vereadores Bolinha, Élio Brasil e Van Van, cobraram da prefeita Cláudia Oliveira, na sessão de hoje, quinta-feira, 04/04 da Câmara de vereadores de Porto Seguro, a instalação dos Raios X, há mais de dois anos encaixotados nas salas dessas unidades de saúde.

Os Raios X, doados pela Veracel Celulose, nunca saíram das caixas, e a desculpa apresentada pela prefeitura, durante todo este tempo, é que era necessária uma adaptação da corrente elétrica das unidades, com a instalação de novo transformador, para que os mesmos pudessem funcionar.

Parecem que as desculpas que nunca convenceram a população, também não convencem mais os vereadores. Dois anos para instalar um transformador é “conversa pra boi dormir”.

O vereador Élio Brasil após destacar o trabalho desenvolvido pelo site JoJô Notícias por estar sempre atento ao desenvolvimento dos trabalhos do legislativo municipal, frisou que tem intensificado suas visitas às lideranças de bairros e dos povoados e que, ao contrário do que muitos comentam, a imagem dos políticos de Porto Seguro, especialmente dos vereadores e da prefeita, é extremamente positiva. “O povo mostra satisfação com o funcionamento das escolas, dos postos de saúde, das intervenções em infraestrutura etc.”,  pontuou o vereador, ressalvando que a questão do desemprego, embora seja uma questão de âmbito nacional, em Porto Seguro, os índices são alarmantes. O vereador citou  também  a indiferença da administração municipal em relação à instalação do Raio X na UPA do Baianão.

Registro dos equipamentos encaixotados feitos em março de 2018

O vereador Bolinha foi mais contundente: “É preciso que a administração nos dê uma resposta sobre esta situação. Não faz sentido um aparelho de Raio-X estar, há dois anos, dentro de uma caixa, trancado numa sala, sem utilização”, cobrou o vereador Bolinha.

O assunto foi retomado pelo vereador Van Van que também mencionou situação idêntica com o aparelho de Raio-X que foi doado para a UPA do Arraial, também encaixotado.

Os aparelhos, segundo informações, são aparelhos modernos, de última geração e correm o risco de perderem a garantia de funcionamento, por expiração do prazo.

Já o vereador Cacique Renivaldo denunciou a falta de transporte escolar para estudantes do povoado de Limoeiro; “Tem quatro alunos no Limoeiro que estão há um ano sem frequentar a escola por falta de transporte escolar. Em pleno século XXI isso é inadmissível. Caso essa situação perdure, procurarei o MP (Ministério Público) para que sejam tomadas as medidas cabíveis”, afirmou o vereador.

Por fim a vereadora e presidente da Casa, Ariana Prates, esclareceu ao presidente da APLB, Euvadélis, presente na sessão, porque o projeto de doação da área para a entidade estava fora da pauta, como fora prometido na última sessão; “em reunião com o MP, que, inclusive,  discorda da doação da área, onde a APLB também se fez presente, ficou decidido o encaminhamento de um novo projeto para o executivo, com parâmetros consensuais entre as partes envolvidas”, pontuou a presidente Ariana. E completou: “assim que o executivo enviá-lo a esta Casa, pautaremos e definiremos esta questão”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

× Envie uma