O Portal de notícias de Porto Seguro

Secretário de Turismo de Porto Seguro, Richard Alves, pede demissão do cargo.

0 188

Às vésperas do verão e logo após a entrada em vigor da cobrança da “cabulosa” taxa de acesso e circulação dos ônibus e vans no município, o Secretário Municipal de Cultura e Turismo, Richard Alves, pediu demissão do cargo.

Segundo informações oficiais, as alegações para se desligar do cargo são de natureza particulares, e envolvem aspectos de saúde de familiares e de projetos empresariais privados, que estariam sendo sacrificados em função do cargo ocupado.

Há mais de 2 (dois) anos no cargo, Richard Alves foi empossado em janeiro de 2017,  e acumulava as funções de Secretário, e de Presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento Turístico (CMDT), sendo também um dos articuladores e co-autor da fracassada e  famigerada Taxa de Turismo Sustentável, instituída pelo executivo- muito criticada pelos empresários do setor- e que depois foi aprovada pela câmara e sancionada pela prefeita Cláudia Oliveira.

Os rumores de que o secretário havia sido demitido, se deu em função de que, seu afastamento foi logo em seguida a uma convocação dos vereadores para que o mesmo fosse até a Casa, para explicar e detalhar o açodamento e a visível falta de planejamento, que gerou uma seqüência de reações negativas, inclusive de alguns vereadores, com a entrada em vigor da cobrança da taxa dos ônibus e vans.

Richard se definia como um técnico da área. Atuou no SEBRAE-BA, na região, por longo tempo. É formado em Administração de Empresas com MBA em Planejamento e Gestão de Turismo e, a despeito das polêmicas taxas defendidas pelo mesmo, aparentemente, gozava do respeito e credibilidade dos empresários locais.

Richard Alves deve ser substituído por Paulo Cezar, funcionário “decano” da secretaria e de extrema confiança do vice-prefeito, Beto Axé-moi, que há anos é quem dá as cartas na Secretaria de Turismo de Porto Seguro e, considerando a proximidade do verão e a importância da pasta no período, seu transito e familiaridade com a burocracia e a dinâmica dos serviços, o eleva à condição de forte candidato ao posto e, porque não dizer, como a única opção.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.