O Portal de notícias de Porto Seguro

PSF (Posto de Saúde da Família) também está na área incendiada, junto com carros apreendidos, em pátio da prefeitura de Porto Seguro

0 1.494

O incêndio que ocorreu nesta noite de domingo, 17/02, no bairro Mirante, num suposto pátio de carros apreendidos pela prefeitura, camufla uma verdade, há muito denunciada, em vídeo, aqui no Jojô Notícias, de que, na verdade o local é uma área de um PSF (Posto de Saúde) já pronto, faltando apenas equipar e com data de inauguração a ser marcada, segundo depoimento a este site, à época, do próprio Secretário de Saúde, e que, irresponsavelmente, foi transformado num pátio de carros apreendidos pela prefeitura por realizar transporte clandestino de passageiros na cidade de Porto Seguro.

Uma atitude repugnante, desumana e que, mais uma vez, exige a atenção e intervenção do MPF (Ministério Público Federal) para apurar e punir os  responsáveis pelos danos materiais e sociais provocados por desmedida e infeliz decisão.

Imagem onde se pode vê a estrutura do prédio do PSF

É sabido que esta desastrosa gestão transforma a administração em refúgio de apaniguados descontentes e insatisfeitos. Com raríssimas exceções, não há em Porto Seguro um pseudo profissional sequer, fracassado, frustrado, derrotado e desmoralizado em suas iniciativas privadas que não esteja exilado na “Casa da Lenha”.

São parasitas sociais, paparazzi do Diário Oficial do Município, “daessistas” inúteis para a sociedade, que só encontram refúgio profissional na prefeitura. A sociedade não quer nem ouvir falar desses párias. Uma verdadeira barbaridade, Tchê!

 É a metamorfose da “fraternidade” para a “confraria dos inúteis”. O governo dos “Ressuscitados para ser Feliz”.

Quem quiser aproveitar a proximidade do carnaval, que vista a carapuça!

Digo tudo isso, caro leitor, para reafirmar que, realmente, este é um governo de transformação. Transforma asfalto em “sonrisal”; secretarias e órgãos em abrigo para fugitivos da receita federal e bandidos(as)- recentemente o MP exigiu a exoneração de presidiária contratada, ainda cumprindo pena-; fraternidade em confraria etc. Agora, transformar posto de saúde em pátio para estacionamento de carros apreendidos, passou dos limites. É caso de polícia.

A certeza da impunidade e o otimismo com a morosidade da justiça estão latentes nos prognósticos dos apaniguados, que estipulam prazos superiores aos da realização de “Copa do Mundo”, para que a justiça julgue as perversidades  e atrocidades cometidas por esse governo “Zumbi”.

Entretanto, o povo não tem dúvidas, já o julgaram nas urnas, quando rejeitou, em recente eleição para o legislativo estadual, a primogênita Larissa Oliveira, impondo-lhes severa e vexatória derrota. A repercussão foi imediata. Na sequência, a Câmara municipal lhes impôs também rigorosa derrota na escolha do sucessor para a presidência da mesa diretora da Casa.

Enquanto a administração “zumbi”, sem rumo e apavorante, se esforça desesperadamente em recuperar popularidade com obras de qualidade suspeita e nitidamente com prazo de validade, o povo já definiu o governo que não quer e sinaliza com enorme clarividência o caminho que os “fraternos” devem seguir.  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.