O Portal de notícias de Porto Seguro

Lívia Bittencourt se filia ao PT e exalta a administração fraterna em Porto Seguro

0 1.605

A posse do novo diretório do PT de Porto Seguro foi realizada nesta sexta-feira, 14/12, numa festa com muita pompa, na Câmara de Vereadores local, com as presenças do presidente estadual do partido, Éden Valadares, da vice-presidente, Maria Lúcia, vários caciques das diversas aldeias da terra-mãe, militantes e representantes de agremiações partidárias no município.

O evento programado inicialmente para empossar a diretoria eleita em setembro passado, de acordo convite veiculado em redes sociais, foi ofuscado pela filiação na sigla da vereadora licenciada e Secretária de Trabalho e Ação Social do município, Lívia Bittencourt. Este foi o enredo e o tom da festa.

Indígenas desembarcando no local do evento

Caravanas de militantes e indígenas, em ônibus fretados, desembarcaram na Câmara para participarem da festa, com direito a Buffet, para ouvirem o discurso da mais nova militante e, segundo a secretária, antiga eleitora do partido, dos tempos de “Lula lá, brilha uma estrela”.

Em seu discurso, após saudar a direção do PT estadual, presente na solenidade, e cumprimentar os vereadores Élio Brasil, Robinson Vinhas, Dilmo Santiago, o presidente reeleito do PT, Preto, representantes de entidades estudantis, e militantes em geral, a nova filiada fez críticas genéricas ao governo Bolsonaro e não poupou elogios à administração Cláudia Oliveira: “Uma gestora exemplo no Estado da Bahia. Porto Seguro merece dá continuidade”, e completou com a pérola: “O PT vai construir uma história em Porto Seguro, porque eu sou igual a Cláudia”, arrematou a pré-candidata do PT à prefeitura de Porto Seguro, esquecendo-se, talvez, que a administração Cláudia Oliveira está sendo investigada, pelo MPF e Polícia federal, no âmbito das operações Gênesis e Fraternos, pelo desvio de somas superiores a 200 milhões de reais dos cofres público municipal; que a prefeita é recordista estadual de multas aplicadas pelo TCM, por irregularidades de diversas natureza e que a sua aprovação como gestora caiu acentuadamente, haja visto o fiasco eleitoral na tentativa de eleger sua filha, Larissa Oliveira para a Assembléia do Estado.

A Secretária anunciou também o grupo de partidos que prometeram apoiá-la nesta caminhada; sendo eles o PSB, PP, e o PC do B, cujos presidentes locais também prestigiaram o evento.

Plenário da Câmara decorado para o evento

Na outra ponta, a do grupo do imperador Robério, onde a secretária disputava a indicação para a sucessão da prefeita Cláudia com o Secretário de Relações Institucionais, Maurício Pedrosa, o vice-prefeito, Beto Axé Moi e o vereador, agora inelegível, devido à reprovação das suas contas como presidente da Câmara, Evaí Fonseca; comenta-se nos bastidores que o chefe não digeriu a iniciativa de Lívia, sentindo-se traído e alijado das decisões. Circula, inclusive nas redes sociais, áudio em que a própria Lívia comenta sobre o assunto, narrando a insatisfação e arrogância do líder fraterno com as articulações políticas da mesma.

A pré-candidata do PT encerrou a cerimônia festiva prometendo dá uma nova cara ao partido: “No meu PT eu boto fé, porque ele vai ser conduzido por uma mulher; venham comigo”, bradou Lívia Bittencourt.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

× Envie uma