O Portal de notícias de Porto Seguro

Barraqueiros da Passarela denunciam discriminação nos festejos do São João Elétrico em Porto Seguro

3 1.295

Associados da Associação dos Barraqueiros da Passarela do Descobrimento de Porto Seguro compareceram à última sessão da Câmara de Vereadores – quinta-feira, 13/06 -, para denunciar a discriminação que vêm sofrendo do executivo municipal e pedir o apoio dos vereadores para intervir na situação.

Segundo o presidente da Associação, Marquinhos, os barraqueiros, por uma questão puramente estética, foram convidados a se retirarem do local e cedessem o espaço para que outros comerciantes estabelecessem seus negócios, durante o evento do São João Elétrico que vai acontecer no local.

“Toda vez que acontece eventos na Passarela, os barraqueiros convivem com este constrangimento. Nunca nos chamaram para conversar. Nunca nos foi dado nenhuma outra opção. Não existe um plano “B”, para que continuemos trabalhando e auferindo os ganhos necessários à nossa sobrevivência”, desabafou o presidente Marquinhos.

O presidente acrescenta ainda que não é apenas no São João Elétrico que as disparidades são perpetradas. Acontecem no carnaval, réveillon e em qualquer evento que seja realizado no local.

O mais esdrúxulo na situação é que, as alegações para a perseguição é o visual das barracas, considerado pela administração municipal, como desgastadas, horrível e que causarão uma má impressão aos turistas que visitarão o local.

Ora.. Sra. prefeita, maior má impressão do que o estado de abandono que o local se encontra é impossível. Melhor combinar com São Pedro para não chover, para não estragar a maquiagem que, certamente, sua equipe fará no local para impressionar o ingênuo e desinformado turista que ali comparecerá.

Lamentável o tratamento dispensado a esses trabalhadores e contribuintes que oferecem aos turistas, durante o ano inteiro, uma opção de visita no município. Ao invés de ajudá-los, os perseguem. Como arrumarão suas barracas, se na hora de terem um ganho maior, são proibidos de trabalharem. Vai entender essa administração “fraterna”.

Os associados saíram animados da sessão, especialmente com o pronunciamento de boa parte dos vereadores, em defesa dos barraqueiros, e com a promessa de formação de uma comissão da Casa para discutir o assunto com a insensível gestora.

Veja entrevista com o presidente da Associação abaixo:

  1. Alex Diz

    Os restaurantes da passarela Estão extorquindo os turistas, ontem tive com amigos os garçons lhe para na passarela com um valor no jantar no valor de 80,00 Para 4 pessoas aí vc entra ele fala que vai aumentar a porção no valor de 100.0, aí vc olha no lado um casal está comento com a mesma porção por 60.00 até aí tudo bem, quando chega para pagar 110.00, se Eu tivesse peidado ia para 200.00 não entendi nada, isso para mim tem um nome???? Não como é nem aconselho ninguém a comer lá sem garantir com o caixa o valor real se não vai acabar lavando prato…

  2. Luciano Diz

    Sacanagem retirar os caras em eventos específicos, mas que deve ser bom passar por este lugar sem ser abordado a cada 10 segundos, aaaaaah, deve.

  3. Fabio Cabral Diz

    Tem situação mais importante para cuidar, todo ano vou para Porto Seguro coroa vermelha e a estrada continua igual toda desbaratando no Mar e as praias cada vez mais sujas e tudo parece abandonado.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

× Envie uma