O Portal de notícias de Porto Seguro

Barracas de praia são interditadas na Orla Norte de Porto Seguro

0 1.082

As equipes de fiscalização da prefeitura de Porto Seguro interditaram neste domingo (26/07) as barracas de praia do “Gaúcho” e “kaiambá”, ambas localizadas na Orla Norte do município.

A ação faz parte da fiscalização para o cumprimento de uma série de decretos editados pelo executivo municipal que visam a prevenção do contágio com o coronavírus.

As duas barracas são tradicionais e, tanto a barraca do Gaúcho, quanto a Kaiambá, são intensamente freqüentadas pelos moradores da cidade e, de acordo nota da prefeitura, foram penalizadas com a interdição e multas por descumprimento das regras previstas no decreto, pois estavam atendendo com vendas de bebidas e alimentos, com pessoas aglomeradas em suas dependências. 

Segundo a prefeitura, as ações vêm sendo desenvolvidas pela Secretaria Municipal de Trânsito e Serviços Públicos em conjunto com as equipes da Superintendência de Vias Públicas e Guarda Civil, em ação integrada com a Diretoria de Vigilância Sanitária e o apoio da Polícia Militar.

Foram alvos da fiscalização, feiras livres, estabelecimentos comerciais e barracas de praia, bares, restaurantes e quiosques no perímetro da Orla Norte.

“A gestão municipal de Porto Seguro está sendo rigorosa com os cuidados com a saúde da população, por isso, tem sido incansável na fiscalização do cumprimento dos decretos municipais que visam à prevenção do contágio com o coronavírus. Trata-se de regulamentação de medidas restritivas para contenção do crescimento de casos da Covid – 19, seguindo protocolos de segurança em saúde”, diz o comunicado da prefeitura.   

Ainda, de acordo o comunicado, foram realizadas diversas abordagens a grupos que faziam uso (ainda proibido das praias) e transeuntes foram orientados sobre o uso obrigatório da máscara, sob pena de multa por lei estadual e lavrado “Termo Circunstanciado” aos que não estavam com o EPI. A equipe de fiscalização municipal aponta que 80% das pessoas encontradas fazendo uso das praias ou desrespeitando as medidas restritivas são os próprios moradores de Porto Seguro.

 “Queremos voltar à vida normal, sabemos que o turismo é o eixo de nossa economia, mas para isso, todos precisam se engajar no cumprimento das medidas para achatarmos essa curva de contágio no município e, então, estarmos aptos a receber turistas e usufruirmos das praias e locais de passeio em segurança, mas precisamos dar o exemplo, fazer o dever de casa”, frisa a prefeita, Cláudia Oliveira.

Por informações: Secretaria Municipal de Trânsito e Serviços Públicos

Ascom – Prefeitura de Porto Seguro

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

× Envie uma