O Portal de notícias de Porto Seguro

Turista do Rio Grande do Sul se nega a usar máscara em ônibus, agride passageiro e é detido em Noronha

0 2.180

Um turista do Rio Grande do Sul  se negou a usar máscara em um ônibus, discutiu com passageiros, agrediu um trabalhador e foi detido, em Fernando de Noronha. A proteção é obrigatória em Pernambuco, desde março de 2020, por causa da pandemia de Covid-19

O tumulto ocorreu na noite de domingo (5/09). A informação foi repassada, nesta segunda (6/09), pelo comandante da Polícia Militar, major José Raimundo Sousa Júnior.

“Dois turistas entraram no ônibus sem máscaras. Os moradores pediram para eles colocarem a proteção. Um deles atendeu e o outro se negou. Ele disse que todos iriam pegar o coronavírus. Esse turista declarou que não estava nem aí e passou a ridicularizar os passageiros”, afirmou o major.

 O comandante da PM disse, ainda, que o turista cometeu uma agressão contra um trabalhador. “Ele escolheu um trabalhador, o mais franzino do ônibus. Esse turista é alto e forte. O visitante agrediu o trabalhador que não tinha feito nada contra esse visitante, apenas pediu que colocasse a máscara”, disse o major.

Os moradores paralisaram o ônibus e a Polícia Militar foi chamada. Os PMs levaram o visitante e o rapaz agredido para a Delegacia de Noronha, na Vila do Trinta, onde foi registrado um boletim de ocorrência.

A assessoria de imprensa da Polícia Civil  informou, por meio de nota, que a delegacia registrou a ocorrência de “descumprimento de medida protetiva de urgência e vias de fato”.

“A vítima, um homem de 35 anos, estava dentro de um coletivo, quando o autor, um homem de 36 anos, embarcou no ônibus sem fazer uso da máscara de uso obrigatório (Decreto Estadual)”, afirmou a nota.

A nota informou, ainda, que os passageiros pediram ao turista que colocasse a máscara. O visitante deu um tapa no rosto da vítima.

“O autor da agressão, a vítima e testemunhas foram levados à delegacia, onde os procedimentos de praxe foram realizados”, descreveu a nota da Polícia Civil.

A Polícia Civil informou que o turista assinou um termo circunstanciado de ocorrência e foi liberado em seguida.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.