O Portal de notícias de Porto Seguro

TJ-BA suspende vacinação de rodoviários em Salvador; em Porto Seguro, todos já foram vacinados

0 2.164

Diante da ausência de vacinas e da mobilização de diversas categorias profissionais, algumas tidas como prioritárias pelo PNI (Plano Nacional de Imunização) para que sejam observados os riscos dos profissionais que se expõem, de forma inevitável, à contaminação pelo Coronavírus, devido às peculiaridades das atividades desenvolvidas, as instâncias judiciárias têm sido instadas, com freqüência, a se manifestarem sobre os critérios da ordem de vacinação, nos Estados e Municípios.

Na Bahia, duas categorias se destacam nesse pleito, a dos rodoviários e dos profissionais de imprensa.

No caso dos rodoviários, após a capital (Salvador) iniciar a vacinação dos mesmos, foi obrigada pela justiça a interromper; os rodoviários recorreram, mas como anuncia o título da matéria, o TJ manteve a decisão de suspensão. Já os profissionais de imprensa têm feito grande mobilização para serem vacinados, contudo, até o momento, o MP tem se posicionado contra e insiste no critério de faixa etária, considerado pela instituição o mais justo.

Na terra mãe do Brasil, a agilidade da campanha e a capacitação dos servidores da Secretaria de Saúde aliada à astúcia e dedicação da Superintendente, Alessandra Quaresma, contemplou o grupo dos rodoviários antes do imbróglio que se armou em Salvador.

Porto Seguro vacinou 302 funcionários do setor de transporte, entre terrestres, aeroviário e aquático.

Dentre os rodoviários (num total de 132), foram vacinados funcionários da Viação Águia Azul, Expresso Brasileiro, Gontijo e Viação Cidade Porto Seguro.

Um grande e importante avanço no sentido de proteger esses profissionais que, indubitavelmente, se expõem ao vírus, muito mais que a maioria da população.

Agora é torcer para que o mesmo ocorra com os profissionais da imprensa, taxistas e operadores de transportes alternativos.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.