O Portal de notícias de Porto Seguro

Pesquisa indica Porto Seguro entre os destinos nacionais preferidos de brasileiros para o verão

0 523

Levantamento do site de viagens Decolar reforça a perspectiva de que o turismo doméstico vai liderar a retomada do setor em meio à pandemia. Segundo a pesquisa, sete destinos da Região Nordeste figuram entre as 10 localidades nacionais favoritas de brasileiros para janeiro de 2021. São eles: Fortaleza (CE), Maceió (AL), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Natal (RN), Salvador (BA), Porto Seguro (BA), São Paulo (SP), Florianópolis (SC) e João Pessoa (PB).

Praia dos Nativos – Casa Grande – Casas da Lia – Trancoso, Porto Seguro

Os números, que estabelecem um comparativo em relação ao mesmo período de 2020 (vide tabela abaixo), se baseiam nas buscas de consumidores por produtos em plataformas da Decolar até o dia 19 de outubro deste ano, para check-in até 10 de janeiro de 2021. Conforme a empresa, a gradual reabertura de atividades econômicas no Brasil proporciona o aumento de fluxo na procura de viagens para as férias de verão no país.

Kûara Hotel em Arraial D’ajuda, Porto Seguro – Hotel conceito pé na areia

Comparativo entre buscas por destinos nacionais para janeiro de 2020 e 2021:

20202021
Rio de Janeiro (RJ)Fortaleza (CE)
Fortaleza (CE)Maceió (AL)
São Paulo (SP)Recife (PE)
Salvador (BA)Rio de Janeiro (RJ)
Maceió (AL)Natal (RN)
Recife (PE)Salvador (BA)
Florianópolis (SC)Porto Seguro (BA)
Natal (RN)São Paulo (SP)
Porto Seguro (BA)Florianópolis (SC)
Porto Alegre (RS)João Pessoa (PB)

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, comemora as expectativas e reafirma o empenho pelo restabelecimento do setor. “Trabalhamos na pandemia para que o turismo não quebrasse e estivesse pronto para a retomada. E dados como esses indicam que os destinos nacionais terão um forte movimento no verão, favorecendo que o turismo recupere a sua capacidade de contribuir com a economia e a consequente geração de emprego e renda”, observa.

INDICADORES – Vários dados sobre o turismo nacional apontam a retomada de negócios no país. Segundo um estudo de outubro do Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB), por exemplo, a oferta nacional de meios de hospedagem se aproxima da normalidade pré-pandemia. O levantamento mostra que mais de 90% dos hotéis de 64 redes consultadas estão abertos, representando uma disponibilidade de quase 127.600 quartos.

Dos estabelecimentos da área que ainda seguem fechados, 45% pretendem reabrir ainda neste ano, sendo cerca de 20% deles já em outubro. Outro número que reflete a recuperação do mercado de viagens no país vem da última Pesquisa Mensal de Serviços do IBGE. O índice de atividades turísticas medido no estudo registrou, em agosto, o quarto mês seguido de alta, atingindo 19,3%, e desde maio o setor já acumula um ganho de 63,4%.

SUPORTE – Desde o início da pandemia, o governo federal atuou para reduzir efeitos da Covid-19 no turismo. As ações envolveram iniciativas como a Medida Provisória 936, que permitiu a flexibilização de salários e jornadas de trabalho; a MP 948, que regulamentou relações de consumo no segmento, e a MP 963, que garantiu R$ 5 bilhões à concessão de empréstimos por meio do Fundo Geral do Turismo (Fungetur), entre outras providências.

Fonte: Ministério do Turismo – Por André Martins – Edição: Rafael Brais

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.