O Portal de notícias de Porto Seguro

Ação em Caraíva, prevê coletar 7,5 toneladas de materiais recicláveis durante o verão

0 975

De 25 de dezembro a 04 de janeiro a vila recebe a ação “Caraíva: cuide, preserve, proteja”para apoiar em sua limpeza e conservação ambiental

A ação “Caraíva: cuide, preserve, proteja” vai coletar 7,5 toneladas de materiais recicláveis, como vidro, papel, papelão, alumínio e plástico gerados na vila, localizada no sul da Bahia,

 A iniciativa, planejada para acontecer entre os dias 25 de dezembro a 4 de janeiro de 2021, é fruto da parceria entre a startup SOLOS e a agência Inner, com apoio do Grupo HEINEKEN no Brasil, que promove e incentiva práticas de economia circular e preservação do meio ambiente, sobretudo no período de maior fluxo de pessoas na região.

Atualmente o lixo gerado na vila é retirado dos estabelecimentos e casas e transportado de canoa até Nova Caraíva, onde há acesso a veículos motorizados. O material é enviado para um lixão em Porto Seguro, já que a cidade ainda não dispõe de um aterro sanitário.

700 kg. de materiais coletados no primeiro dia de ação

 Durante o período de alto verão, o volume de lixo produzido é 5 vezes maior e gera um alto custo de retirada, que é financiado pelos próprios estabelecimentos e pelo Conselho Comunitário e Ambiental de Caraíva, sem participação da prefeitura.

 A ação de coleta de materiais recicláveis não gera nenhum custo para a população e estabelecimentos, já que possui financiamento privado.

Logística reversa

Para garantir que os materiais sejam devidamente endereçados para a reciclagem, a ação tem duas frentes. A primeira é voltada para a coleta porta a porta e diária em todos os bares, restaurantes e pousadas de Caraíva. Além disso, foram instalados três pontos de entrega voluntária para que os moradores e demais estabelecimentos também possam fazer o descarte correto. A ação tem como foco prioritário a coleta do vidro, que será encaminhado a uma indústria de reciclagem para produção de novas embalagens, e os demais materiais serão direcionados para uma Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis em Porto Seguro.

Ponto de entrega voluntária, onde os moradores podem deixar seus resíduos

“O vidro é um material infinitamente reciclável e que, quando reinserido, pode diminuir em mais de 50% o consumo energético na produção. É sobre esse olhar da economia circular regenerativa e de proteção à natureza, que construímos o projeto, gerando os melhores impactos em toda a cadeia”, explica Saville Alves, sócia co-fundadora da SOLOS, responsável pela gestão ambiental do projeto.

A iniciativa ainda promove a orientação e doação de equipamentos de proteção individual, para que o manejo dos resíduos seja feito de maneira adequada, por parte dos trabalhadores locais, ao longo do ano. O trabalho está sendo realizado a partir de diálogos com a comunidade e suas lideranças, tanto da Associação de Nativos de Caraíva, quanto do Conselho Comunitário e Ambiental de Caraíva.

Engajamento local

Para garantir o envolvimento da população, a iniciativa conta com uma equipe de

sensibilização e coleta local, o que garante uma familiaridade e credibilidade do público.

Equipe local fazendo a coleta porta a porta

No total estão participando quase 100 estabelecimentos, que são engajados através de visitas diárias, comunicação digital e placas de sinalização na vila. Cada local recebeu um kit de coleta, com material de instruções de como deve separar o seu resíduo e sacos para o armazenamento.

O Barawê, localizado em frente ao mar, é um dos bares participantes. Caio Gutierrez, sócio da Inner, responsável pelo estabelecimento, foi um dos principais incentivadores do projeto e revela o impacto positivo que a ação vai trazer, especialmente neste período. “A demanda do verão aumenta demais a necessidade de retirada de lixo de Caraíva. Uma operação que já é delicada durante todo o ano, vira um grande problema com a chegada do turismo. Com a Heineken e a SOLOS, construímos em conjunto uma solução para apoiar essa questão”, comenta.

O projeto promove a conservação de vila de Caraíva, que faz parte do município de Porto Seguro e é uma das praias que compõem a Costa do Descobrimento, uma das faixas mais belas do litoral brasileiro, com áreas de preservação de biomas importantes como a restinga, manguezal e a Mata Atlântica e território indígena.

Sobre a SOLOS

Promovemos cadeias circulares de resíduos a partir da co-criação e co-responsabilidade dos atores do setor público, privado, cooperativas e sociedade civil. Com quase 3 anos de operação, a SOLOS já conseguiu destinar para reuso e reciclagem, mais de 300 toneladas de resíduos e gerou renda de R$ 1 milhão para cooperativas de reciclagem e catadores autônomos na Bahia.  Com iniciativas realizadas com a Prefeitura de Salvador, Heineken e Braskem através de nossos projetos, colaboramos para a construção de cidades mais justas e equilibradas, em que as embalagens pós-consumo se tornam fonte de renda e diminuem o impacto negativo para o meio ambiente.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.