O Portal de notícias de Porto Seguro

Parada LGBT+ reúne mais de 3 milhões de pessoas na Av. Paulista em São Paulo

0 2.188

Depois de 2 anos realizada de forma virtual por causa da pandemia de covid-19, a Parada do Orgulho LGBT+ de São Paulo voltou em sua 26ª edição à Avenida Paulista neste domingo (19.jun.2022), a partir das 12h. Com o tema “Vote com Orgulho – Por uma Política que Representa”, a parada faz referência às eleições de outubro deste ano. Realizado pela APOLGBT-SP (Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo), o evento tem o objetivo de reafirmar seu compromisso de luta contra o preconceito e promover a união e a força da comunidade LGBT+

Considerada a maior parada LGBT+ do mundo, a atividade integra o calendário oficial de eventos da Prefeitura de São Paulo. O evento também conta com o apoio institucional do Governo de São Paulo.

A última edição presencial, em 2019, movimentou R$ 403 milhões na economia paulistana, segundo a Secretaria de Turismo. Aproximadamente 3 milhões de pessoas participaram do evento..

Treze marcas patrocinam ou apóiam a edição deste ano. Entre as empresas estão:

Terra, Smirnoff,

Burger King,

Amstel,

Mercado Livre e Vivo.

“Após 2 anos sem edições presenciais, é um prazer imenso retornar às ruas e reforçar ao público sua responsabilidade em apoiar representantes que estejam comprometidos com um Brasil mais justo e igualitário. É por isso que endossamos, na nossa campanha, a necessidade de atenção com as eleições que se aproximam”, disse a presidente da APOLGBT-SP, Claudia Garcia.

Secretária de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo, Soninha Francin disse que a diversidade faz parte da identidade de São Paulo. “Não é à toa que a maior parada do mundo é a nossa, que temos uma lei e um canal próprio para denúncias contra a LGBTFOBIA pelo SP156. São Paulo é uma cidade do seu tempo e está cada tempo e está cada vez mais inclusiva e colorida”.

Neste ano, desfilarão pela Avenida Paulista 19 trios elétricos. Entre os artistas confirmados estão Mariana Munhoz, Ana Dutra, Luana Hassen, Nick Cruz, Ariah, Brunelli, Quebrada Queer, Thaline Karajá, Kauan Russell, Tiago Abravanel, bloco Agrada Gregos, Gretchen, Paullete Pink, JoJo Todinho, Majur e as Pitayas, DJ Heey Cat, Mateus Carrilho, Aretuzza Love, Pocah, Luísa Sonza, Pepita, Lexa, DJ Cris Negrini, Ludmilla, Liniker, MC Rebecca, Minoqueens e Pabllo Vittar.

Segundo a APOLGBT-SP, a parada em São Paulo seguirá todos os protocolos vigente de segurança, fortalecendo também a luta contra a covid-19.

Leia a relação de artistas para apresentações nos trios da Parada:

Trio 1 – Abertura – Famílias LGBT+ – Artistas: Mariana Munhoz;

Trio 2 – Prefeitura;

Trio 3 – Diversidade Lésbica – Artistas: Ana Dutra, Luana Hassen;

Trio 4 – Prefeitura;

Trio 5 – Diversidade Transsexual/Travesti – Artista: Nick Cruz;

Trio 6 – Saúde (Aids Healthcare Foundation – AHF);

Trio 7 – Diversidade Bissexual – Artistas: Ariah e Brunelli;

Trio 8 – Prefeitura;

Trio 9 – Diversidade Mais – Artistas: Quebrada Queer, Thaline Karajá;

Trio 10 – Artistas da Noite;

Trio 11 – Diversidade Gay – Artista: Kauan Russell;

Trio 12 – Vivo – Artistas: Tiago Abravanel, bloco Agrada Gregos, Gretchen e Paullete Pink;

Trio 13 – Jean Paul Gaultier – Artista: JoJo Todinho, Majur e as Pitayas;

Trio 14 – Amstel – Artistas: DJ Heey Cat, Mateus Carrilho, Aretuzza Love, Pocah e Luísa Sonza;

Trio 15 – Burger King/Avon –  Artistas BK: Pepita, Lexa, DJ Cris Negrini/Artista Avon: Ludmilla;

Trio 16 – Smirnoff – Artista a confirmar;

Trio 17 – Terra – Artista: Liniker, MC Rebecca e Minoqueens;

Trio 18 – Convidados Aliados;

Trio 19-  Diretoria APOLGBT-SP/Mercado Livre  – Artista: Pabllo Vittar.

 Com informações da Agência Brasil

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.