O Portal de notícias de Porto Seguro

Bolsonaro é 1º chefe de Estado a nomear embaixador proibido de deixar o país

0 1.214

O Presidente Jair Bolsonaro entra para os anais da diplomacia como o primeiro Chefe de Estado a nomear um embaixador que está proibido de deixar o país pela justiça.

O fato se refere ao bispo da igreja Universal do Reino de Deus (IURD), Marcelo Crivella, sobrinho de Edir Macedo e líder maior da instituição.

Crivella, ex-prefeito da cidade do Rio de Janeiro, foi denunciado pela MPE em inúmeros casos ilícitos, com destaque para a formação de um grupo criado na rede social, whatsapp, denominado: “guardiões do Crivella” que tinha como objetivo impedir o trabalho da imprensa na porta dos hospitais e outras repartições públicas municipais do Rio de Janeiro. O bispo chegou a ser preso, mas teve a prisão relaxada para prisão domiciliar, mas seu passaporte continua retido pela Polícia Federal, para que não possa deixar o país.

 

O gesto do Governo Brasileiro, segundo analistas, tem o objetivo de aplacar as críticas e revolta do líder da IURD e de membros do alto escalão, que vinham tendo grandes dificuldades em manter seus templos nesses países africanos, em função de graves e reiteradas denúncias de corrupção, remessa ilegal de dinheiro e comportamento inadequado, e cobravam ação mais enérgica da diplomacia brasileira, principalmente em Angola, onde foram deportados mais de 30 fiéis da igreja.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.