O Portal de notícias de Porto Seguro

Prefeitura deixa Pier Municipal abandonado e começa obra que não vai terminar

0 5.489

É lamentável o estado em que se encontra o Pier Municipal de Porto Seguro.

Quem for lá hoje, vai encontrar uma obra que mal começou.  Anunciada para terminar em 150 dias, como diz no cartaz da obra, que também assinala o início dela, o mês de novembro (ou  seja, ela deverá terminar em abril de 2021), o local se encontra em total estado de abandono, cheio de troncos e materiais de construção, misturados com enfeites de natal, como se pode ver nas fotos que ilustram essa matéria.  O questionamento é o seguinte, caro leitor: que administração começa uma obra de 5 meses, no penúltimo mês de seu mandato?

Foram oito anos dessa gestão e o Pier Municipal ficou totalmente esquecido, agora, ela entrega para próxima administração, uma obra que, praticamente, nem começou.

O Jojô Notícias vem alertando sobre a enxurrada de placas anunciando obras (Passarela do Álcool, Praça Paquetá, Baianão etc.) e, há meses, vem tratando desse assunto. Nessa última semana recebemos várias denúncias que fazem do Pier Municipal, local esquecido e, ao mesmo tempo, um negócio bem lucrativo.

Placa da fatídica obra

Uma fonte que preferiu não se identificar, relata  que a Prefeitura começou as obras bem no início do verão, na alta temporada, que já causa por si só, um grande desconforto aos turistas que embarcam nos passeios de escunas. A Prefeitura também enfeitou com lâmpadas natalinas o local e que agora vai retirá-la. Enfeitar uma obra faz algum sentido para você?

No relato de nossa fonte, a Prefeitura monopolizou a Associação das Operadoras de Turismo Naval. Ele nos enviou a última ata realizada oito anos atrás, dizendo que foi a última reunião em assembléia da categoria.

Ata da última reunião realizada pela associação

De lá para cá, uma agência privada, localizada no quiosque da Praça do Relógio, é o que se tem de mais próximo da Prefeitura. Inclusive, os cartazes com mapas institucionais, do turismo local, foi anexado ao quiosque, como se pode ver nas fotos.

Negócios particulares realizados em quiosque municipal

Segundo informações, a Prefeitura vai utilizar o Fundo do Meio Ambiente estimado em mais de 4 milhões de reais, para realizar a obra, mesmo tendo ciência que não conseguirá concluí-la em sua gestão.

Valor do Fundo Municipal do Meio Ambiente em caixa

 À noite, o Pier fica abandonado, virando local para uso de drogas, onde pessoas urinam e defecam, tornando o cheiro insuportável para aqueles que trabalham no local ou utilizam seus serviços pela manhã.

Quem compra qualquer passeio de escuna, é obrigado a pagar, em venda casada com o valor dos passeios, a taxa de embarcação de R$15,00, recurso municipal. Esse é o preço que o consumidor paga para utilizar um pier sem qualquer condição de recebê-lo.

Ao que tudo indica, todas essas denúncias chegarão ao Ministério Público.

Agora é esperar que a próxima gestão faça essa obra e que o Ministério Público  ingresse com uma ação contra essa gestão. Nossa reportagem deixa o espaço aberto para a Prefeitura Municipal se manifestar a respeito.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.