O Portal de notícias de Porto Seguro

Pesquisador da UFSB consta em lista dos cientistas mais influentes em 2019

0 339

Um estudo da Universidade de Stanford (EUA) publicado no periódico PLOS Biology Journal listou os cientistas mais influentes do mundo, considerando em um ranking o impacto do pesquisador ao longo da carreira e, em outro, o número de citações no ano de 2019. Na Universidade Federal do Sul da Bahia, o professor Daniel Piotto, engenheiro florestal e vinculado ao Centro de Formação em Ciências Agroflorestais, está entre os pesquisadores mais citados em 2019 em todo o mundo, representando a instituição na lista geral, que considera pesquisadores e pesquisadoras de várias áreas científicas em diversos países. O professor Piotto tem experiência na área de ecologia, manejo e restauração florestal, inventário, reflorestamento com espécies nativas, botânica tropical e dendrologia.

Professor Daniel Piotto

O artigo, que atualiza as tabelas a partir das citações do banco de dados Scopus, classifica o impacto de citações de cientistas ao longo da carreira e durante o ano de 2019 usando o índice de citação composto, que leva em consideração seis métricas: as citações totais; o índice h de Hirsch; o índice hm de Schreiber ajustado pela coautoria; o número de citações de artigos como autor único; o número de citações de artigos como autor único ou primeiro autor; e o número de citações de artigos como autor único, primeiro ou último autor.

O professor Daniel Piotto desenvolve pesquisas no sul da Bahia ligadas à restauração florestal, projetos de manejo e biodiversidade. Ele afirma que a motivação para ter se voltado para a área da pesquisa tem a ver com “a curiosidade e a clareza de que, além de uma boa ideia, é necessário trabalhar duro para transformar o mundo”. Atualmente, ele dirige seus esforços em projetos com presença em grupos de pesquisa internacionais: “Trabalho em redes internacionais de pesquisa sobre biodiversidade e florestas secundárias e em vários projetos de pesquisa na região sul da Bahia que integram o conhecimento teórico sobre processos ecológicos em florestas tropicais e sua aplicação no desenho de sistemas de conservação, produção e restauração”, explica. Os trabalhos mais recentes têm sido também divulgados pela UFSB na forma de notícias, de forma a informar para a sociedade os resultados dos estudos apoiados por recursos públicos.

Para um cientista, figurar na seleta lista significa ter impacto considerável na respectiva área de atuação, construindo credibilidade com trabalhos considerados significativos e de qualidade pela comunidade de pesquisadores de um determinado campo. Com atuação na pesquisa e na gestão, como decano do CFCAf, o professor Daniel Piotto percebe a presença na lista como “um grande reconhecimento de todo o trabalho que venho desenvolvendo na região sul da Bahia na área das ciências florestais. É muito gratificante saber que minha pesquisa tem uma ampla influência na academia e na sociedade”.

Matéria transcrita de texto de Heleno Rocha Nazário

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.