O Portal de notícias de Porto Seguro

Hotel brasileiro é eleito o segundo melhor do mundo em 2022

0 2.236

O hotel brasileiro, Colline de France, foi eleito o segundo melhor do mundo em 2022 pelo Traveller’s Choice Awards, do TripAdvisor. A premiação se baseia nas opiniões dos próprios usuários da plataforma.

A lista, divulgada anualmente, chegou a ter o hotel brasileiro  no topo em 2021, mas acabou tendo o Tulemar Bungalows & Villas, na Costa Rica, como o mais novo bem ranqueado. O estabelecimento de luxo, que fica situado em Gramado, no Rio Grande do Sul, foi inaugurado em 2018 e percente ao casal Jonas e Ana Clara Tomazi.

Hotel brasileiro com raízes francesas

Dona do Colline de France, Ana Clara Tomazi definiu seu estabelecimento como uma grande história de amor. Construído para unir o casal, surgiu para que os Tomazi passassem mais tempo juntos, numa época em que ela precisava viajar com uma frequência maior.

A ligação com a França vem da paixão que o casal tem pelo país europeu. “Gramado tem um toque europeu e abriga muitos empreendimentos germânicos, italianos, suíços, holandeses – mas não franceses. Pensamos: por que não resgatar essa essência da cidade, que está se perdendo com a chegada dos grandes resorts, e trazer a França, a terra dos eternos apaixonados? Foi daí que o olho brilhou”, disse Ana Clara em entrevista a Forbes.

O Colline é baseado, mais especificamente, no Segundo Império. “Queremos que a experiência também seja uma imersão intelectual, na qual podemos proporcionar aos hóspedes um pouco mais daquela época francesa”, afirmou a proprietária.

proprietários do Hotel

Tudo bem organizado e planejado, até o cheiro foi escolhido a dedo pelos donos, a fim de trazer uma identidade olfativa por todo o estabelecimento. Para isso, desenvolveram um aroma peculiar próprio, com toques de baunilha, menta e lavanda.

O Colline é dividido em cinco categorias, com cada uma delas com decoração própria e paleta de cores inspirada em grandes grifes de luxo, como Chanel, Fendi e Givenchy. A mais luxuosa, batizada de Imperial, tem seis unidades com conceitos e decorações únicas, de maneira que “os hóspedes podem ficar dez vezes no Coline e, em todas elas, experimentar quartos completamente diferentes”, explicou Ana Clara.

As diárias do hotel brasileiro variam de acordo com a sazonalidade. Elas custam a partir de R$ 600 na baixa temporada, podendo atingir mais de R$ 5 mil em épocas de maior procura.

Fonte: BP Money

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.