O Portal de notícias de Porto Seguro

Ações das Secretarias de Educação e de Assistência Social contemplam famílias desassistidas em Porto Seguro

0 1.704

Anunciada pela presidenta da Câmara Municipal de Porto Seguro, Ariana Prates, há algumas semanas, o kit merenda vem sendo entregue aos pais dos alunos matriculados na rede municipal de ensino.

Mesmo não tendo as aulas presenciais devido à pandemia do Covid-19, os alunos – muitos deles provenientes de famílias carentes do município, cuja merenda escolar tem fundamental importância na alimentação diária – recebem esse kit alimentação num momento de aperto econômico, como vários pais de alunos confirmaram ao receber os kits, num vídeo institucional feito pela Prefeitura Municipal.

Conforme o próprio vídeo, a Prefeitura está investindo em 256 toneladas de alimentos para cerca de 30 mil alunos das 109 escolas do município.

Também vem sendo realizado uma frente de trabalho social em Porto Seguro, onde os moradores das localidades mais distantes da sede do município, como distritos, povoados, aldeias e zona rural, estão sendo assistidos pela Secretaria Municipal de Assistência Social num projeto que vai até eles, no intuito de ver de perto suas necessidades e atendê-las.

Todo o escopo de serviços e programas da pasta está sendo levado a essas regiões, onde as pessoas enfrentam dificuldades de acessá-los por conta do deslocamento necessário até chegar aos CRAS de seu território.

Uma série de ações e triagens estão sendo feitas para verificar demandas e vulnerabilidades.

Entre os serviços: o CadÚnico e Bolsa Família; a orientação sobre benefícios; os direitos das mulheres e informações sobre como denunciar a violência doméstica; o combate ao trabalho infantil; o enfrentamento ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes; o encaminhamento de pessoas para Casa do Trabalhador para intermediar mão-de-obra, atendimento com cestas básicas, entre outros.

 

Na última semana,  essa frente social  aconteceu com ações do CRAS de Vera Cruz, onde a Secretaria de Assistência Social levou sua equipe multidisciplinar para escutas qualificadas sobre anseios e necessidades dos moradores, além de palestras sobre programas federais e projetos municipais, bem como, atendimentos às demandas sociais.

No dia 27, a frente se deslocou para o Assentamento Irmã Dulce.  29 famílias foram assistidas por lá, além das promoções de palestras sobre problemas atuais e, em especial, sobre a Campanha Contra o Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A equipe identificou 24 famílias para serem assistidas com cestas básicas, entregando os alimentos imediatamente a elas.

No povoado de Queimados, no dia 19, foram concedidas cestas básicas a 16 famílias e dezenas delas participaram de outros atendimentos. Durante a visita ao território da Associação Santa Maria, 13 famílias foram beneficiadas com cestas básicas. Já na visita aos moradores do Assentamento Milton Santos, no dia 5, após triagem, cestas básicas foram destinadas a dez famílias.

“O governo do prefeito, Jânio Natal, entende que as comunidades mais distantes da sede precisam de um olhar especial, por isso, não vamos parar com este trabalho em que a gestão vai até essas pessoas, levando os serviços e benefícios a quem os tem por de direito, mas que não conseguiam acessá-los por causa da distância”, explica o secretário, João Portela.

Por Informações: SECOM

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.