O Portal de notícias de Porto Seguro

Vereadores suspeitam do “fura fila” na vacinação do Covid-19 e encaminham ofício para Secretária de Saúde de Porto Seguro

0 2.524

Durante a sessão da Câmara Municipal, realizada na quinta-feira, 4 de fevereiro, alguns vereadores cobraram da Secretaria Municipal de Saúde, informações sobre a vacinação do Covid-19 no município, suspeitando que haja o tal “fura fila” no processo. Ou seja, pessoas que não estão no primeiro lugar no critério de prioridades – estabelecido pela OMS, segundo Ministério da Saúde, caso dos profissionais de saúde da linha de frente do combate ao vírus – estariam sendo vacinadas.

O primeiro a falar sobre o assunto foi o vereador Nido, presidente da Comissão do Enfrentamento ao Covid, que acompanha a situação da pandemia e o processo de vacinação no município.

Ele disse que a Comissão, instaurada pelo Legislativo Municipal, enviou ofício para a Secretaria Municipal de Saúde, buscando tal esclarecimento.

O estreante vereador, Anderson Ricelli, médico do Hospital de Porto Seguro “Deputado Luís Eduardo Magalhães” – HDLEM, que também faz parte da Comissão, foi além, deixou bem claro suas suspeitas, do possível descumprimento do protocolo das prioridades, que pode estar acontecendo no município, a “farra da vacinação”, como o mesmo citou. O médico relatou sua suspeita com base no número de profissionais do HDLEM, onde 485 dos 741 foram vacinados (65%). Ele disse que não houve resposta do ofício, onde solicitava os nomes dos vacinados, atividade, data e local, e por isso, vai encaminhá-lo para o Ministério Público.

Convite da Secretaria à vacinação de idosos

O vereador Roló, que retorna à Câmara nesse mandato, mandou um recado para o secretariado, aparentemente numa indireta à Secretária de Saúde, Raissa Soares. “Quero avisar aos secretários, que eu mesmo já fui um, que o Prefeito precisa dos vereadores, não dos secretários. Porque tem alguns que estão se achando, se colocando acima dos vereadores”, considerou Roló.

Também falaram sobre o tema, a presidenta da Casa, Ariana Prates e o vereador Bolinha.

Sabendo da luta para conseguir os insumos da vacina mundo a fora e o processo de vacinação ainda em fase inicial, onde nem 3% da população brasileira recebeu a primeira dose, os que furam a fila não são apenas egoístas, que só pensam em si e o resto que se dane, pois os efeitos desta nefasta e condenável ação pode levar à morte aqueles que estão no contato direto com os pacientes.

A redação do JoJo Notícias disponibiliza espaço igual para a Secretaria de Saúde, caso queira se manifestar.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.