O Portal de notícias de Porto Seguro

Câmara aprova projeto que trará grandes obras para a cidade; vereador Bolinha votou contra

0 8.326

A Câmara de Vereadores de Porto Seguro aprovou, já em segunda e última votação, na sessão desta quinta-feira, (04/11) Projeto de Lei do Executivo Municipal nº 038/2021, que autoriza a administração municipal a contratar operação de crédito externo junto à Corporação Andina de Fomento (CAF) com a garantia da União.

A linha de crédito a ser criada, autoriza o executivo municipal a assinar empréstimo no valor de até 64 milhões de dólares, para diversas obras de infraestrutura, desde calçamentos, drenagens, esgotamento, escolas, modernização administrativa e outros, e é fruto de intensas e exaustivas articulações do prefeito Jânio Natal, em Brasília, para superar obstruções e irresponsáveis pendências financeiras herdadas do desgoverno Cláudia Oliveira.

O projeto teve o apoio maciço dos vereadores à exceção do vereador Bolinha, que votou contra e do vereador Vinícius Parracho, que não compareceu à sessão, mas, segundo informações, já havia se posicionado contra, em reunião realizada entre vereadores e autoridades do executivo municipal.

Em sua argumentação para votar contra o projeto, o vereador Bolinha foi infeliz ao alegar que o mesmo não deixa explícita a alocação dos recursos; o que não traduz a verdade, pois, ainda nesta quarta-feira, (03/11), por solicitação do vereador Nido, o Secretário de Finanças do município, Alexandre Haerter, juntamente com o Chefe de Gabinete do prefeito, Josemar Siquara compareceram à Câmara, se reuniram com os vereadores onde foi explicado, com detalhes, o objeto do futuro contrato de empréstimos.

Na verdade, o que não ficou explícito foi a posição contrária do vereador a um projeto revolucionário, corajoso e que impulsionará a infraestrutura, a mobilidade, o turismo, a educação e diversos outros setores da sociedade, beneficiando milhares de moradores.

A impressão que ficou foi de uma oposição tosca, perdida; mais preocupada com a grande quantidade de obras que serão realizadas, gerando mais empregos e tirando a população do caos social que se encontra.

Uma oposição do quanto pior ficar melhor para eles!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.