O Portal de notícias de Porto Seguro

CNBB pede punição a deputado do PSL que ofendeu o papa e bispo de Aparecida

0 2.437

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil encaminhou uma carta ao presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, o deputado estadual Carlão Pignatari, exigindo punição ao deputado estadual Frederico D’Avila (PSL) por ter atacado a instituição e outras figuras religiosas.

Em discurso na Alesp na quinta-feira (14/10), o parlamentar chamou o papa Francisco, o arcebispo de Aparecida Dom Orlando Brandes, e a CNBB de vagabundos e imundos.

Na carta, os presidentes da Conferência destacam que ‘rejeitam fortemente as abomináveis agressões proferidas pelo deputado’ e cobra uma resposta rápida da casa legislativa diante do ocorrido.

“Com ódio descontrolado, o parlamentar atacou o Santo Padre o Papa Francisco, a CNBB, e  particularmente o Exmo. e Revmo. Sr. Dom Orlando Brandes, arcebispo de Aparecida. Feriu e comprometeu a missão parlamentar, o que requer imediata e exemplar correção pelas instâncias competentes”, grifam em uma parte do texto.

Em trecho posterior, a conferência afirma levantar a voz ‘diante de um discurso medíocre e odioso, carente de lucidez, modelo de postura política abominável que precisa ser extirpada e judicialmente corrigida pelo bem da democracia brasileira’.

“Defensora e comprometida com o Estado Democrático de Direito, a CNBB, respeitosamente, espera dessa egrégia casa legislativa, confiando na sua credibilidade, medidas internas eficazes, legais e regimentais, para que esse ultrajante desrespeito seja reparado em proporção à sua gravidade – sinal de compromisso inarredável com a construção de uma sociedade democrática e civilizada”, acrescentou a instituição

Veja abaixo a carta na íntegra:

Fonte: Carta Capital

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.