O Portal de notícias de Porto Seguro

Professor e premiado escritor da UFSB lança livro em live neste sábado

0 941

O escritor, artista e professor do Centro de Formação em Artes da Universidade Federal do Sul da Bahia – UFSB, Éder Rodrigues, realizará live para lançamento de seu novo livro “O infindável museu das coisas efêmeras”, da Telecazu Edições.

A live está marcada para as 19h30 do sábado, 12 de dezembro e pode ser acompanhada pela plataforma do Instagram @telecazu. O escritor, que também coordena o curso “Artes do Corpo em Cena” na UFSB, tem diversos trabalhos que envolvem e fortalecem a cultura no Extremo Sul baiano, na periodicidade de eventos dessa natureza.

Neste ano em que o colapso mundial nos confronta com o que temos de mais frágil, a arte se mantém invicta no combate ao apresentar outros sistemas ideológicos capazes de ressignificar a própria existência. Esta é a essência do trabalho desenvolvido pelo premiado escritor, Éder Rodrigues, neste seu último trabalho.

O autor criou um museu próprio para abrigar o provisório de nossas impermanências e transforma a impossibilidade de reter a efemeridade das coisas no ponto-chave desta obra densa e impactante. A veia poética demarca a carreira do escritor no âmbito da prosa e da dramaturgia, porém é exatamente neste livro de poemas que o autor redimensiona a poesia até a sua última instância. Sua curadoria poética subverte a esperada coleção do que será exposto e entrega justamente o contrário: a parte incontida e fugidia da palavra, cuja ausência passa a ser o único indício cartográfico do que, convencionalmente, chamamos de existência. 

“Há uma tessitura invisível que atravessa os poemas expostos neste museu, convidando o leitor para uma experiência sensível perante a matéria abrupta, pulsante e finita de que somos feitos”, considera o autor sobre os labirintos, perdições e esquecimentos que o livro reúne; ao mesmo tempo em que sopra todo o acervo no redemoinho de suas próprias imaterialidades. 

Éder Rodrigues é conhecido do grande público por receber o Prêmio OFF FLIP de Literatura (2017 e 2015) e o Prêmio Josué Guimarães de Literatura (2009) como contista, dentre outras premiações que difundiram o seu trabalho no circuito literário do Brasil e no exterior. Possui também uma carreira premiada no campo da dramaturgia tendo assinado mais de 15 peças e há mais de dez anos se dedica à escrita e a tudo que a arte é capaz de ressignificar enquanto instrumento e fundamento de resistência. 

O livro recebeu um cuidadoso projeto editorial que realça a efemeridade de suas fontes, transformando a rede de sentimentos, sentidos e firmamentos em um motor inesgotável, cuja delicadeza alerta para os olhos já tão cansados de ver. O Infindável Museu das Coisas Efêmeras será lançado pela Editora Telucazu, o mesmo selo que publicou o último livro do autor “Três Vírgula Quatro Graus na Escala Richter”, um dos vencedores do Prêmio Guarulhos de Literatura 2019. 

O Autor

Éder Rodrigues é poeta, contista e dramaturgo. Recebeu o Prêmio OFF FLIP de Literatura 2017 e 2015 e o Prêmio Josué Guimarães de Literatura 2009, dentre outras premiações que proporcionaram a difusão do seu trabalho na Espanha e em Portugal. Ano passado foi um dos vencedores do Prêmio Guarulhos de Literatura 2019 pela autoria da obra “Três Vírgula Quatro Graus na Escala Richter”. Autor de mais de 15 peças teatrais com destaque para “A pequenina América e sua avó $ifrada de escrúpulos”, pela qual recebeu o prêmio SESC/SATED de Melhor Dramaturgia de 2011. Integra também mais de 70 antologias nacionais e internacionais e mantém efetiva pesquisa no campo da literatura latino-americana contemporânea.  Doutor em Estudos Literários pela UFMG, leciona no Centro de Formação em Artes da Universidade Federal do Sul da Bahia, em Porto Seguro/BA, onde reside atualmente.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.