O Portal de notícias de Porto Seguro

Djokovic deportado; tenista perde na Justiça e está fora do Aberto da Austrália

0 2.274

A Justiça da Austrália rejeitou, neste domingo (16.jan.2022), o recurso apresentado pela defesa do tenista sérvio Novak Djokovic contra o cancelamento do seu visto de entrada no país. Com a decisão, o número 1 do mundo será deportado e não disputará o Aberto da Austrália, que começa nesta 2ª feira (17.jan). Segundo o juiz James Allsop, a decisão pela deportação de Djokovic foi unânime. Allsop disse que mais detalhes serão divulgados posteriormente pelo tribunal. O governo australiano argumentou que a permanência do tenista no país estimulava a rejeição à vacinação contra a covid-19. Com a deportação, as leis de imigração da Austrália também proíbem que Djokovic retorne ao país nos próximos 3 anos. A 1ª atuação do esportista no Aberto da Austrália estava agendada para a noite desta 2ª (17.jan). Competiria contra o seu compatriota, Miomir Kecmanovic, na Arena Rod Laver, em Melbourne

RESPOSTA DE DJOKOVIC

A ABC Austrália publicou uma declaração do tenista sobre o caso. Djokovic se disse desapontado com a decisão, mas afirmou que vai cooperar com as autoridades australianas. Leia a íntegra:

Gostaria de fazer uma breve declaração para abordar os resultados da audiência de hoje. Agora vou tirar um tempo para descansar e me recuperar, antes de fazer mais comentários além deste.

 Estou extremamente desapontado com a decisão do Tribunal de indeferir meu pedido de revisão judicial da decisão do Ministro de cancelar meu visto, o que significa que não posso permanecer na Austrália e participar do Aberto da Austrália.

 Respeito a decisão do Tribunal e cooperarei com as autoridades competentes em relação à minha saída do país.

Estou desconfortável que o foco das últimas semanas tenha sido sobre mim e espero que agora todos possamos nos concentrar no jogo e no torneio que amo.

 Gostaria de desejar tudo de bom aos jogadores, dirigentes, funcionários, voluntários e torcedores do torneio. Por fim, gostaria de agradecer à minha família, amigos, equipe, torcedores, fãs e meus companheiros sérvios pelo apoio contínuo. Todos vocês foram uma grande fonte de força para mim”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.