O Portal de notícias de Porto Seguro

Anvisa interrompe jogo entre Brasil e Argentina por descumprimento de protocolo sanitário

0 2.397

O clássico do futebol mundial, Brasil X Argentina, foi interrompido pela Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) aos 4 minutos do início da partida, neste domingo, (05/09), na Arena Coríntians.

De acordo a Anvisa, quatro jogadores argentinos prestaram informações falsas às autoridades sanitárias brasileiras, quando afirmaram que não estiveram no Reino Unido nos últimos dias. De açodo o regramento sanitário brasileiro, qualquer cidadão que venha do Reino Unido , África do Sul e India, tem que cumprir um período de quarentena.

Os jogadores que infringiram o protocolo sanitário e foram acobertados pela AFA (Associação de Futebol Argentino), Emiliano Martinez, Emiliano Buendia, Giovan Lo Celso e o zaqueiro Cristian Romero foram notificados, ainda no hotel onde a delegação estava hospedada,com a ordem de deportação dos atletas pedido pela Anvisa à polícia federal, mas a AFA optou por ignorar as decisões da agência.

De acordo com a Anvisa, eles devem ser colocados em quarentena e mandados de volta ao país de origem, pois mentiram na hora de desembarcar em território brasileiro. Na chegada ao Brasil, no aeroporto, os jogadores foram questionados se tiveram passagem por Reino Unido, África do Sul, Irlanda do Norte e Índia nos últimos 14 dias. Desde junho, passageiros que visitaram esses países no período de duas semanas são impedidos de entrar no Brasil, como precaução contra a disseminação da variante delta do coronavírus.

A resposta dos atletas foi negativa, mas os quatro atuaram em partidas da Premier League no fim de agosto. Por isso, a entrada deles no país foi considerada ilegal.

A seleção brasileira, inclusive, teve nove jogadores que foram impedidos de atuarem pelo país, devido aos clubes ingleses, nos quais atuam, não concordarem com o período de quarentena à que os mesmos seriam submetidos, assim que retornassem do Brasil.

Até o momento não foi decidido se haverá uma nova partida ou se a Argentina será punida com a perda dos pontos, por desobediência e descumprimento do protocolo sanitário que tinha conhecimento.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.