O Portal de notícias de Porto Seguro

Wilson Machado admite usar brecha na lei para adiar eleições da Câmara

0 169

Em conversa com nossa reportagem na manhã de hoje, 3 de janeiro, o vereador Wilson Machado, que impetrou um mandado de segurança e conseguiu uma liminar na Justiça para adiar as eleições da mesa diretora da Câmara Municipal, marcada para o dia 28 de dezembro, admitiu que encontrou essa brecha na lei para poder ganhar tempo e, resolver, segundo ele, “ a bagunça” que estava a disputa dessas eleições.

O vereador desmente qualquer participação da prefeita Cláudia Oliveira no processo. O edil impetrou com mandado de segurança, que foi atendido pela Justiça de Porto Seguro, levando a assinatura do Juiz André Strongensky, solicitando que as eleições para presidência da Casa Legislativa fossem realizadas abertamente, mesmo entendendo que o Regimento Interno prevê eleições fechadas. No entanto, não havia o porquê disso, uma vez que os votos foram declarados, antecipadamente, pelos vereadores.

Para o vereador, esse tempo era necessário para buscar um consenso entre as chapas em disputas.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

× Envie uma