O Portal de notícias de Porto Seguro

Vereadores atendem Secretário de Turismo e desistem de remanejar “fundo” em Porto Seguro

0 639

Em reunião realizada nesta terça-feira, 28/04, na Câmara de Vereadores de Porto Seguro, o Secretário de Turismo Municipal, Paulo César, argumentou com os vereadores a importância de se resguardar os recursos do Fundo do Meio- Ambiente para utilização específica na retomada do turismo em Porto Seguro, após a pandemia do COVID-19.

A reunião, de acordo informações, aconteceu a pedido dos vereadores Bibi Ferraz e Élio Brasil que, na sessão da última quinta-feira, 22/04, se posicionaram contra a maioria do plenário, que desejavam o remanejamento do fundo para as Secretarias de Ação Social e de Saúde para que fossem aplicados no combate ao coronavirus no município.

O encontro foi intermediado pelo vereador Lázaro Axé-Moi e contou com a presença, além do Secretário Paulo César Magalhães, representantes do “trade” turístico e os vereadores Cacique Renivaldo, Nido , VanVan , Kempes Neville (Bolinha), Élio Brasil, Cido Viana Robson Vinhas, Geraldo Contador, Lazaro Axé Moi, Wilson Machado, Dilmo Santiago e Ariana Prates.

Destacando a relevância do turismo como a principal atividade econômica do município, e descrevendo a estrutura da Secretaria, os aportes do fundo e os resultados desses investimentos, planejamento estratégico e novos parâmetros para a retomada no Turismo no município, Paulo César acabou convencendo os vereadores presentes, ressaltando a importância destes recursos e como a verba será utilizada no pós-pandemia.

Para o vereador Élio Brasil, a pronta resposta da Secretaria de Cultura e Turismo foi muito importante para levar ao conhecimento da população as medidas já em estudo para retomada do Turismo. “No meu entender, esse recurso deve ser utilizado essencialmente para a recuperação do nosso principal motor econômico que é o turismo. Saio da reunião satisfeito com o que ouvi do secretário. Me conforta saber que temos um plano de ação para retomar o caminho do desenvolvimento e o fundo do Turismo é que nos vai dar lastro para medidas que nos faça voltar a crescer”, avaliou o edil.

Ao final da reunião, a maioria dos vereadores presentes se disseram a favor da manutenção dos recursos no Fundetur, conforme já prevê a Lei de Utilização do Fundo Municipal de Turismo, para que ele possa ser utilizado na retomada do Turismo de Porto Seguro, seu posicionamento estratégico e o destaque do município como destino turístico.

Numa espécie de “mea-culpa”, o Secretário Paulo César , alvo de reiteradas manifestações de repúdio dos “edis”, em seguidas sessões, por ter declinado em atender diversos convites e convocação para comparecer à Casa, acrescentou ainda a proposição da Sectur de adotar uma reunião periódica com a Comissão de Turismo da Câmara dos Vereadores objetivando apresentar análises e resultados de todos os processos pertinentes ao Fundo e do trabalho realizado.

Por informações: Secretaria de Cultura e Turismo

Ascom – Prefeitura de Porto Seguro

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

× Envie uma