O Portal de notícias de Porto Seguro

“Parece que está recebendo propina”, afirma o vereador Cacique Renivaldo.

0 551

Não bastassem os pronunciamentos incisivos dos vereadores Lázaro Lopes e Élio Brasil sobre a qualidade dos serviços prestados ao município; o primeiro tecendo graves críticas ao serviço de coleta de lixo, classificada pelo “edil”, como vexatória, inconsequente e abandonada, citando, inclusive, a precária situação do lixão que vem expondo e provocando na população situações intolerantes de risco ambiental e de saúde; e o segundo, solicitando à presidência da Casa, pela segunda vez, a presença do Secretário de Transportes e Serviços Públicos, Fábio Costa Silva, assim como a do Procurador Geral do município, Hélio Lima, para que expliquem o caos e os desmandos no serviço de transporte público municipal.

Pois bem… o vereador Nido temperou as insatisfações, citando e cobrando da prefeita Cláudia Oliveira, reparos urgentes na BA-001, que dá acesso ao distrito de Trancoso, instigando-a, inclusive, que use o seu prestígio junto ao governador do estado para solucionar o problema.

“A BA-001 está intrafegável, buracos, crateras; e só não teve ainda acidentes com vítimas fatais, devido à misericórdia de Deus”, pronunciou o vereador.

Em seguida o vereador Cacique Renivaldo entornou o caldo de vez: “quero que conste em ata Sr. presidente. Estou muito revoltado! Já perdi a conta do número de requerimentos que já encaminhei para resolver esta situação”, iniciou seu desabafo da tribuna do plenário, e continuou: “a patrol já esteve três vezes aqui na região e não vai até Caraíva. Só vai até em frente à uma empresa de água mineral. Esses dias estava em Itaporanga, quando fui procurá-la; sumiu na calada da noite. Só podem estar recebendo propina”, concluiu o vereador.

É bom lembrar que já é a segunda vez que o “edil denuncia pagamento de propinas por aquelas bandas. Na primeira vez citou os pagamentos no estacionamento de Caraíva que, de acordo o vereador, estão sendo embolsados pelo administrador local. Agora, sugeriu, insinuou sem rodeios, que o Secretário de Obras, Jose Carlos, estaria, supostamente, recebendo propina para beneficiar empresários em detrimento das comunidades da orla sul de Porto Seguro.

Pelo visto, a temperatura subiu na câmara de vereadores. As diferenças politicas e as acomodações dão sinais de descontentamento. Não se sabe se estão relacionadas à sucessão, ou apenas se tratam de um sutil recado para a votação de pautas importantes, como as das Contas da prefeita, rejeitadas pelo TCM (Tribunal de Contas dos Municipios) decantadas na Casa, já há um bom tempo, à espera de apreciação.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.