O Portal de notícias de Porto Seguro

Palestrantes e público atestam sucesso dos “Cafés Empresarial”

0 62

Mais uma vez, com auditório lotado, o “Café Empresarial”, uma iniciativa da UNI-Líderes, sob a coordenação do seu Diretor-presidente, Luigi Rotunno, revelou a importância dessas reuniões para a capacitação e aprendizado do nosso empresariado local.

Desta vez, no auditório do Hotel Solar do Imperador, os convidados palestrantes foram o empresário e Secretário de Turismo do Estado do Tocantins, Tom Lyra, e o Trainer de vendas e também empresário Cícero Neri.

Em sua exposição, com o tema: “Vendas não cai do céu”, Cícero Neri, idealizador da empresa, “Virado no 600”, expôs, de forma didática, os caminhos para impactar suas vendas. “É preciso criar um relacionamento rápido e conhecer o cliente para o sucesso na venda”, pontuou Neri. Mais adiante o palestrante acrescentou: “Temos que vender experiências, não produto e serviços”.

Palestrante Cícero Neri

Cícero encerrou sua palestra oferecendo, gratuitamente, material semanal para que os empresários presentes possam impulsionar suas vendas.

Em seguida Tom Lyra, desenvolvedor da franquia “Óticas Carol” e atual Secretário de Turismo do Estado do Tocantins, discorreu, fazendo uso de slides, sua larga e rica experiência como empresário, intercaladas com frases e dicas sobre o postulado: “Aprende-se com a mesma velocidade das mudanças”? Com a indagação Lyra reafirmou sua crença de que “não são as respostas que movem o mundo; são as perguntas”.

“Não importa se você é um leão ou uma gazela. Na hora que o sol nascer, você corra, senão será devorado”, invocou Tom Lyra, parafraseando um ditado africano.

Palestrante Tom Lyra

Tom enfatizou a questão temporal lembrando que o tempo é democrático, irreversível, equitativo, inalienável e irrecuperável na nossa trajetória de vida e, se referindo ao cliente como um alvo móvel, concluiu: “é preciso parar de vender o passado para quem quer comprar o futuro”.

Empresário Kelvin Ferrin com os palestrantes

Ao final, citando números que revelam o grande avanço das mulheres nas economias do mundo, Tom Lyra pediu uma salva de palmas para as mulheres em função da postura feminina, tanto como gestoras empresariais quanto como consumidoras, num mercado cada vez mais exigente e segmentado

Veja o vídeo abaixo:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

× Envie uma