O Portal de notícias de Porto Seguro

Na contramão, Secretaria de Saúde comunica adiamento da campanha de vacinação em Porto Seguro

0 1.266

Parece até piada; enquanto o governo federal antecipa a campanha de vacinação contra a gripe em todo o país, como forma de auxiliar os profissionais de saúde a descartarem “infuenza” na triagem de casos para o coronavírus; a administração municipal optou por adiar a campanha, por 15 dias, alegando temor de aglomeração com formação de filas nas unidades de saúde do município.

Uma prova cabal da falta de planejamento e de incapacidade de enfrentamento da pandemia.

A decisão de antecipar a Campanha Nacional de Vacinação contra a “influenza” foi anunciada pelo Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, em coletiva concedida em 27 de fevereiro e, de acordo o ministro, era uma estratégia para diminuir a quantidade de pessoas com gripe nesse inverno. Devem ser vacinadas gestantes, crianças até seis anos, mulheres até 45 dias após o parto e idosos, historicamente mais vulnerável à doença, que pode levar até a morte. O início da campanha está prevista para começar no dia 23 de março e não mais na segunda quinzena de abril.

Não se tem notícia de nenhum outro município que fez esta opção. Ou seja; a prefeitura teve praticamente 30 dias para se planejar e nesse período não encontrou outra fórmula, que não fosse o adiamento, para se enquadrar no calendário nacional da campanha. Vários municípios se organizaram, descentralizando os locais de vacinação, utilizando escolas; outros ordenaram os pacientes por ordem alfabética, enfim, soluções foram encontradas, para evitar o agravamento do ambiente de saúde.

Em vez de estar publicando nota de repúdio contra aqueles que tecem críticas construtivas à sua atuação diante da pandemia do coronavírus; a administração deveria se capacitar e ter humildade para reconhecer erros e corrigi-los, como mais este, de adiamento de uma campanha de âmbito nacional.

De acordo com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, mesmo que a vacina não apresente eficácia contra o coronavírus, é uma forma de auxiliar os profissionais de saúde a descartarem as influenzas na triagem e acelerarem o diagnóstico para o coronavírus.    

 Veja o comunicado da prefeitura abaixo:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

× Envie uma