O Portal de notícias de Porto Seguro

Ministério Público dá prazo de 48 horas para anulação de edital do concurso público de Porto Seguro

7 10.063

O Ministério Público em Porto Seguro, através da promotora Lair Faria Azevedo recomendou à prefeita Cláudia Oliveira, ao Secretário de Administração e ao IBRAE (Instituto Brasil Educação), que no prazo de 48 horas anulem o edital Nº 07/2020, que trata do concurso público municipal.

O pedido enumera uma série de considerações que versam sobre diversas irregularidades, amplamente divulgadas aqui no JoJô Notícias, em matéria postada aqui em 15/01 (leia aqui)

O concurso, de acordo diversas matérias aqui postadas, foi recheado de vícios, muito antes de sua realização. Foram mudanças de datas da realização das provas; imposição de isolamento e confinamento a religiosos; mudança dos locais das provas; finalizando com uma lambança total na divulgação de gabaritos e convocação de candidatos para apresentação de títulos.

As suspeitas e desconfiança da lisura do evento se avolumaram e geraram uma enxurrada de registro de ocorrências, pelos candidatos, ao Ministério Público, que na data de ontem, 21/01, optou pelo pedido de anulação do edital.

  1. Arivaldo Diz

    Parabéns Ministério Público da Bahia!!!!

  2. Lucas Diz

    Sera Que foi o povo mesmo? ou os vereadores? Quem passou também reclamou?

  3. Rocha Diz

    Mas deve caber recurso,mais que é extranho é, saiu uma listra sem eduadores físico e do nada aparecer outra com vários nomes aprovados é de descofiar .fora deixar pessoas religioas sem puder sair ate horaria de sua prova é absurdo .

  4. Carlos Duque Diz

    E o conteúdo comunista das provas, ninguém reclamou? Não testou conhecimento e sim perfil político.

  5. Nadia Diz

    E quem passou , gastou o dinheiro mandando documentos p Brasília? vão devolver o dinheiro ,gastei mais de cem reais tirando xerox,altenticando documento e enviar por SEDEX. Como fica isso ??
    Que falta de responsabilidade .

  6. Bilú Moraes Diz

    Sim, como ficará cadê o ocorra mesmo a anulação do concurso?
    Terá um novo, como será resolvido essa questão?

  7. […] recomendação do Ministério Público, publicada aqui no JoJô Notícias na quinta-feira,25/01 (leia aqui) e que exigia o cancelamento do edital 07/2020, que versava sobre a publicação de um novo […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

× Envie uma