O Portal de notícias de Porto Seguro

Câmara se mobiliza para barrar a antecipação do concurso público em Porto Seguro.

0 1.478

A antecipação da data do concurso público em Porto Seguro, anunciada pela empresa que realizará o concurso (IBRAE) do dia 1º de dezembro para o dia 30 de novembro e que envolve as vagas para professores de nível médio I e auxiliares de classe, foram intensamente criticadas na sessão da Câmara de Porto Seguro nesta quinta-feira, 21/11.

A grande celeuma se deve ao fato de que a antecipação caiu num dia de sábado, que é um dia sagrado e de repouso para os evangélicos e que, de acordo o comunicado do IBRAE, teriam que chegar ao local da prova no mesmo horário dos demais concorrentes (8:00 horas) e aguardar em salas isoladas o pôr do sol  (17:00 horas), para iniciarem suas provas. “Uma aberração; nunca vi isso em local algum”, pontuou o vereador Rodrigo Borges.

Pessoal da APLB contestam a antecipação do concurso público

As críticas foram unânimes. Todos os vereadores lamentaram a decisão do Instituto organizador do evento. Alguns, inclusive, sugeriram o cancelamento do concurso, como os vereadores Bolinha, Lázaro Lopes e o próprio Rodrigo. “esta empresa mostrou todo o seu despreparo para a realização deste concurso. Não há transparência. Alegar falta de escolas no município para justificar a antecipação da data do concurso é mais um disparate”, completou o vereador Bolinha.

De acordo informações, o concurso tem mais de 24 mil inscritos, com cerca de 1500 evangélicos.

A vereadora e presidente da Casa, Ariana Prates confirmou o envio de um ofício ao Ministério Público, assinado por todos os vereadores, para que seja avaliada e reconsiderada esta decisão de antecipação, o mais rápido possível, para que ninguém seja prejudicado. “É preciso que façam o correto e com ordem. Não se pode chegar aqui e fazerem o que querem”, acrescentou Ariana.

Vejam o vídeo abaixo:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

× Envie uma