O Portal de notícias de Porto Seguro

Brigas, roubos e assaltos prejudicam o 1º dia do réveillon de Porto Seguro

0 1.034

Com um público estimado em 60 mil pessoas, o primeiro dia de festa na Passarela do Descobrimento, que se estenderá até o dia 5 de janeiro, em comemoração à passagem de ano, registrou inúmeros casos de furtos e assaltos relâmpagos, conforme relatos à nossa redação de pessoas presentes na comemoração. Ainda, de acordo essas pessoas, as delegacias estavam congestionadas de pessoas registrando queixas de roubo de carteiras e celulares.

Cantado em prosa e versos como o maior e melhor réveillon da história de Porto Seguro, com seis dias de festas, grandes atrações musicais, estrutura e organização de ponta, segurança etc.; tendo, inclusive, a prefeita Cláudia Oliveira, em momento de grande empolgação, anunciado na festa do “Pedrão”, na vizinha cidade de Eunápolis o cantor Gustavo Lima, que ali se apresentava, como a grande e principal atração do réveillon na terra mãe do Brasil.

Ficou só na empolgação da prefeita; as atrações confirmadas, conforme programação divulgada pela prefeitura, nem aparece o cantor prometido, como também traz atrações eqüidistantes do padrão da estrela nacional.

Certamente, a condição de estar na mira de órgãos fiscalizadores e investigadores como MPF e PF e ter sido alvo de sucessivas multas do TCM, algumas relacionadas à esses mega eventos, freou e inibiu o ímpeto festivo que caracterizou as administrações fraternas na região da Costa do Descobrimento.

A população agradece e deseja que esses recursos públicos poupados, sejam destinados à coberturas na saúde, educação e infraestrutura, tão reclamados pelos moradores e contribuintes.

O planejamento e organização do evento, estranhamente a cargo da Secretaria de Relações Institucionais, em detrimento da Secretaria de Turismo, foi alvo de severas críticas por parte de ambulantes e barraqueiros, que denunciaram critérios políticos e apadrinhamentos na concessão de alvarás e permissões para trabalharem no local do evento. Talvez seja esta a explicação do evento está sendo conduzido pelo secretário Maurício Pedrosa, aspirante à indicação do grupo, para a sucessão municipal em Porto Seguro. Na verdade, o Secretário de Relações Institucionais, Mauricio Pedrosa, há muito tempo, vem tomando a frente e desviando funções de outras secretarias. Um protagonismo duvidoso e exacerbado. Se as ações funcionam; ele aparece. Caso algo dê errado; a culpa é do titular da pasta.

No caso do maior réveillon da história de Porto Seguro; parece-nos que os batedores de carteiras é que vão ficar para a história.

Veja abaixo a programação divulgada pela prefeitura.

31/12: André Lima e Rafael, Nayara Azevedo, Rafa & Pipo (à partir das 21hs)
01/01: Durval Lelys, Virou Bahia, Bell Marques
02/01: Tatau, Walber Luiz, Arriba Saia, É o Tchan
03/01: Axé das Antigas, Armandinho, Jarley
04/01: Tuca Fernandes, Cidade Negra, Saan Vagner, Karine Ramos
05/01: Atração supresa, Amanda Santiago, Bonde de Bregadeira, Marcos Val

O Réveillon em Porto Seguro é uma realização da Prefeitura Municipal e Governo da Bahia, através da Secretaria de Turismo e Bahia Turismo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

× Envie uma