O Portal de notícias de Porto Seguro

Ambulantes condenam organização e logística do réveillon em Porto Seguro

0 900

Anunciado com o maior réveillon da história de Porto Seguro, o festejo foi veementemente criticado pelos ambulantes que se habilitaram para trabalharem na passarela.

A principal crítica diz respeito à organização e logística do evento. Os trabalhadores foram unânimes em afirmarem à nossa reportagem, não entenderem porque o Trio Elétrico se concentra na Praça do Relógio e não na Passarela do Descobrimento, onde estão instalados. “Pagamos R$ 100, 00, dormimos na fila para garantir um melhor local para trabalhar. Agora o Trio passa aqui andando, e volta voando, com os foliões já “mamados” com as bebidas que consumiram na Praça do Relógio”, desabafou uma ambulante que não quis se identificar.

O evento, pela primeira vez, teve 06 dias de festa, tendo iniciado no dia 31/12/2019 e se estendido até a data de hoje, 05/01/2020.

De acordo os ambulantes, a prorrogação não trouxe nenhum benefício, pelo contrário, aumentou o sofrimento. “Investimos em torno de dois a três mil reais, cada um, e ficamos a “ver navios” a nossa preocupação hoje é honrar com os fornecedores para mantermos o crédito”, comentou outro ambulante.

A categoria também lamenta a decisão da prefeitura de colocá-los no meio do circuito, distante do “paredão”, onde foram instalados outros ambulantes, que segundo os trabalhadores, não pagaram para se licenciarem. “Não acho caro o valor do credenciamento (R$100,00), a questão é não estarmos ganhando nada devido tamanha desorganização”, criticou outra ambulante.

Chama a atenção no evento, a sede local da Secretaria de Turismo ter sido transformada em um posto de saúde. Situação intrigante e incompreensível. Logo a Secretaria de Turismo que deveria estar ali ativa, recepcionando, divulgando e ouvindo o precioso turista; simplesmente foi banida e afastada de uma ação onde deveria ser a protagonista.

Sede da Secretaria de Turismo transformada em Posto de Saúde

A categoria dos ambulantes, desolada, ainda tem um fio de esperança de que, a banda Parangolé, anunciada como a surpresa do evento e que se apresenta hoje, 05/01, contrarie a “conversa fiada” do maior réveillon da história.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

× Envie uma